Sexta-feira, 25 de Julho de 2008

La mamma di tutti

Dois namorados belgas, viajam de mochila às costas por este Portugal fora. Chegados a Tomar, perguntam pelo parque de campismo. Não há. Fechou. Simples. A cidade morre só e lentamente. Os belgas, desapontados, querendo cumprir a recomendação dos pais de um deles, "Aller à Tomar", perguntam-se onde dormirão nessa noite, se têm os euros contados? Puseram pés ao caminho pela cidade acima, já desanimados, repararam numa casa com quintal de portões, que nunca se viram fechados, sobrevivente ao brotamento dos prédios e resolveram bater à porta. Explicaram à dona da casa que não tinham onde assentar a casa que traziam às costas, e se esta se importava que o fizessem mesmo ali, ao cantinho, apenas por uma noite. A resposta já se adivinhou, perguntaram então onde poderiam ir passear, tendo os novos inquilinos voltado ainda não eram 8h00. Toc, Toc. A senhora desculpe o incómodo, mas poderiamos usar o wc, ao que a senhora responde com outra pergunta, se precisam de mais alguma coisa. Se a senhora nos permitisse preparar uma refeiçao simples na sua cozinha, seria muito bom. Às 9h00, estavam todos a jantar pataniscas de bacalhau e arroz de tomate. A senhora encheu a barriga àqueles dois filhos de outras mães, mas que poderiam muito bem ser os seus. O senhor da casa oleava o seu francês, com o mesmo prazer de quem dá notas num concerto experimental de jazz, em que não se sabe a música (conversa) a tocar, deixando fluir ao sabor da descoberta. Vá, vão lá buscar as vossas coisas, dormem esta noite cá em casa, que devem estar cansados.
La mamma di tutti. A minha mãe. A maior.
publicado por Branca às 09:51
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 25 de Julho de 2008 às 11:11
Tambem eu queria umas pataniscas de bacalhau da maezinha dos mochileiros, em vez das pataniscas de plástico do Minipreço
De Senhor Albano a 25 de Julho de 2008 às 11:51
Soberbo.
De leo a 26 de Julho de 2008 às 09:29
E nestes encontros que se faz a historia de uma viagem

O post esta lindo
De panamá a 28 de Julho de 2008 às 15:42
E a estória repete-se uma vez mais. A tua mãezona é mesmo a maior. Uma querida que até já de minha mãe fez;) beijocas para ti e uma especial para ela!

Comentar post

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Um em cada cinco

. Pose Nunca_Foste_a_Paris?...

. O milagre da música

. Sonasol Verde Amoníacal

. Smile

. Rosa

. Confissão

. Mnemónicas

. Clara Branca das Neves em...

. O que se passa na cabeça ...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds