Quarta-feira, 19 de Setembro de 2007

Tea Time

Pois eu sou fã de chá. E não é só porque não posso ver leite à frente, nem sequer sentir o seu cheiro... não. Gosto mesmo de chá. Já gostava quando bebia leite. Daí um nunca ter sido substituto do outro. Lembro-me de ser pequena, nas noites frias de inverno, em que tínhamos visitas, e a minha mãe pôr o melhor serviço de chá, o cor-de-rosa. Como me sabia bem beber por aquelas chávenas delicadas, de uma porcelana muito fina. E pedia continuadamente: "pões-me mais um bocadinho de chá?". E lembro-me da cara da minha mãe, à terceira chávena, como que a dizer: "depois há azar" (fazer xixi na cama). Mas não o referia. Eram daqueles códigos, entre mãe e filha que não são necessários de ser verbalizados. Isto para dizer que o chá, nunca foi para mim uma moda. Sempre apreciei. Até hoje. Em que antes de comprar os copos, os talheres (...) para a casa nova, já tinha um serviço de chá, com bule e açucareiro a condizer. Pergunta o meu parzinho: Já compraste? Mas é Verão ainda! Era assim urgente?É sim. É para mim um bem de primeira necessidade.
Uma curiosidade interessante, que talvez já se tenham dado conta, é que em muitos línguas, como em inglês, espanhol, italiano, francês, etc, esta bebida é denominada de forma muito semelhante (TEA, TÈ, THEE, THÉ, TEE, TÉ). Portugal ao ter trazido o chá da China, deu-lhe a mesma designação...
publicado por Branca às 17:15
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De panamá a 20 de Setembro de 2007 às 09:27
Eu sei que para ti não é moda, minha querida! Nunca me esquecerei do teu ritual matutino de beber um cházinho com pão e compota! Um pequeno-almoço bem sui generis para Portugal;) Quando escrevi que não gosto, não quis dizer que não o bebo, mas antes que, precisamente, não sou apreciadora. Penso que nenhum tem aquele sabor característico e de referência, por mais que seja de menta, vermelho ou de camomila! Aquele sabor marcante que me faça preferir um a outro. Contudo, o ritual é delicioso...o de beber chá. Com um serviço bonito, uns scones com doce de tomate e uma boa companhia...faz render. A mim rende-me tudo, menos, precisamente, a bebida! É bom conhecermo-nos bem, minha amiga. Mesmo nestas pequenas coisas. Muitas beijocas, minha jóia!
De panamá a 20 de Setembro de 2007 às 09:27
Ah, e já agora...fazes-me o tal capuccino no próximo encontro? Fico rendida à intensidade do café e do chocolate! Mais beijos.

Comentar post

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Um em cada cinco

. Pose Nunca_Foste_a_Paris?...

. O milagre da música

. Sonasol Verde Amoníacal

. Smile

. Rosa

. Confissão

. Mnemónicas

. Clara Branca das Neves em...

. O que se passa na cabeça ...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds