Terça-feira, 15 de Janeiro de 2008

Smoking in the rain

Desde o tipo das obras, que às dez da manhã já está a emborcar uma mini, à porta do café, com um SG ao canto da boca, até ao Professor Doutor que fica à porta da Faculdade a fumar o seu cigarrito aniquilador de stress, embora rogando a todos os santinhos para que não lhe apareça a Suzete da Contabilidade a dar duas de xaxa, à pala do cigarro, ninguém escapa. Queres fumar? À porta. Agora parece que o mundo se divide entre fumadores e não fumadores. Não há cá distinções de classe ou de categoria profissional.
Passo no corredor que dá para o pátio interior envidraçado. Passaram a chamar-lhe aquário, agora que é frequentado e se movimentam por lá peixes, graúdos e miúdos, e polvos, com grandes tentáculos, que deitam tinta para os olhos de quem não lhes convém e também uma ou outra peixeira. E todos têm de se gramar uns aos outros no recinto que lhes foi confinado, maldita hora em que lhes deu para ali a vontade, pensam alguns.
Pelas conversas que tenho tido, há quem esteja a aceitar a nova lei com serenidade e até pense aproveitá-la para deixar de fumar ou pelo menos, reduzir. Mas outros fumadores há, afeiçoados de tal modo à nicotina, que estão muito zangados e alguns sustêm que esta lei, a par das investiduras da ASAE, está a tornar Portugal num país insuportavelmente proibicionista.
A mudança implica sempre adaptação. Por enquanto ainda há desconforto, a lei é motivo para piadolas fáceis atiradas porta fora aos fumadores, essa massa (des)uniforme de adictos. Acredito que dentro de algum tempo, algumas consequências irão surgir, tal como a descida do consumo de tabaco, como é evidente. Para além disso, prevejo, por exemplo, mais cáries nos dentes, ao se substituirem cigarros por caramelos, mas também espero que se passe menos tempo nos centros comerciais, para dar lugar a mais e melhores esplanadas, mesmo no inverno (aquecidas). Que se preencham as praças e os centros das cidades, de uma forma geral...
publicado por Branca às 10:43
link do post | comentar | favorito
|
4 comentários:
De Anónimo a 15 de Janeiro de 2008 às 13:24
Gosto da imagem dos polvos no aquário, a deitar tinta para os olhos de quem (nao) lhes convém.

Cá a lei já está em vigor desde Outubro. No trabalho a única diferenca é que já nao há cantina de fumadores, onde as pessoas tinham sempre um ar mais descontraído e era mais fácil arranjar mesas grandes. Saía-se de lá como do fumeiro, mas de bem com a vida. Agora, os arranjadinhos invadiram a cantina toda, nao se arranja lugar para sentar e sai-se de lá a cheirar a cantina. Nao foi um melhoramento.

Na rua, a lei reveza-se às portas dos bares, e fazem-se amizades rápidas e improváveis com estranhos com quem se partilha um bodacinho de vida. A Krone, provavelmente o bar com mais alma que eu conheco, vai tentando resistir, boémia e irreverente. Por causa disso, o fumo de todos os fumadores de Darmstadt torna o ar quase irrespirável.

Nao gosto desta lei.

leo
De Branca a 15 de Janeiro de 2008 às 15:02
...confesso que a ideia dos peixes foi um nadinha iluminada pelo "Sermão de Santo António aos Peixes", do Padre Vieira. Belíssimo.

"Amizades rápidas", boa expressão!
De Anónimo a 15 de Janeiro de 2008 às 16:26
e a Suzete da contabilidade, chama-se mesmo Suzete?
Se nao for, esquece-te de me dizer, deixa-me com esta calma que me dá a da contabilidade se chamar Suzete :) é uma calma de mundo arrumado. :)

reparei que escrevi bodacinho. queria escrever bocadinho. estará a fugir-me o pé pró chinelo? Aaaai, ruralita.
leo
De panamá a 16 de Janeiro de 2008 às 19:18
esta lei leva-me a traçar o cenário de incompatibilidades e conflito outrora despoletados pela religião! Estranhas formas de comportamento de pessoas estas que abraçam este regulamento como a luta de vida! Enfim...beijocas, minha jóia!

Comentar post

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. Um em cada cinco

. Pose Nunca_Foste_a_Paris?...

. O milagre da música

. Sonasol Verde Amoníacal

. Smile

. Rosa

. Confissão

. Mnemónicas

. Clara Branca das Neves em...

. O que se passa na cabeça ...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds