Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

Cascas de batata

No final do dia fomos até Alfama, e enquanto esperávamos pelos amigos, perguntei: vai uma ginginha para arrebitar? E ali ficámos sentados no Largo do Chafariz de Dentro, enquanto bebericávamos a nossa ginginha e apreciávamos o movimento, das fadistas de vestido preto com lantejolas e dos simples fadistas da vida. Uma vez arrebitados, fomos até ao restaurante que há uns tempos me tinham recomendado: Santo António de Alfama. Impossível não se ficar imediatamente rendido: o tecto da esplanada é forrado com uma viçosa videira de uva morangueira. Estava uma temperatura excelente, que exigia um vinho branco bem fresco. Assim o fizemos. Também o interior tem uma óptima atmosfera, meia luz, música baixinha, que convida a entrar e onde apetece ficar. É bastante concorrido pelo que convém reservar mesa, especialmente se for um grupo. O tempo que ficámos à espera foi compensado a assitir a fado vadio mesmo ali ao lado na Baiuca. Depois, lá fomos jantar, tendo sido surpreendidos com cascas de batata fritas acompanhadas com maionese caseira, um petisco bem saboroso e diferente dos Querus, das manteigas e dos patés de sardinha que se vê por toda a parte! O jantar prolongou-se, hoje estou com uma cabeça deeeste tamanho, mas são estes prazeres e pequenas descobertas que me revigoram. A repetir, sem dúvida.

"Oiça lá ó senhor vinho,

vai responder-me, mas com franqueza:

porque é que tira toda a firmeza

a quem encontra no seu caminho?


Lá por beber um copinho a mais

até pessoas pacatas,

amigo vinho, em desalinho

vossa mercê faz andar de gatas!


É mau procedimento

e há intenção naquilo que faz.

Entra-se em desequilíbrio,

não há equilíbrio que seja capaz.


As leis da Física falham

e a vertical de qualquer lugar

oscila sem se deter

e deixa de ser perpendicular.

(...) "

(sem comentários)

publicado por Branca às 10:47
link do post | comentar | favorito
|
5 comentários:
De panamá a 5 de Setembro de 2007 às 13:04
É delicioso podermos viver esses momentos e até...esse efeito do rico néctar. Beijocas e coragem! Eheheh!
De nesca a 5 de Setembro de 2007 às 16:23
Mas que cómico! Estava a ler o teu post... e estava neste momento a ouvir a grande Mariza a cantar essa música! Há coisas curiosas!!!
De Branca a 5 de Setembro de 2007 às 16:40
Maior coincidência ainda foi quando descobri que namorávamos as duas com um Tiago, alto, moreno, que estudou no iscte e que tinha uma casa na Costa... ELE HÁ COINCIDÊNCIAS!!! :D
De Anónimo a 5 de Setembro de 2007 às 17:38
Que serao excelente!
De Anónimo a 5 de Setembro de 2007 às 17:38
era eu, a loira

Comentar post

.pesquisar

.Março 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Um em cada cinco

. Pose Nunca_Foste_a_Paris?...

. O milagre da música

. Sonasol Verde Amoníacal

. Smile

. Rosa

. Confissão

. Mnemónicas

. Clara Branca das Neves em...

. O que se passa na cabeça ...

.arquivos

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Novembro 2009

. Agosto 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds